GANHE um Funko de Fantastic Beasts! Newt Scamander!

Oie, H-Sama aqui! GANHE um Funko Pop de Fantastic Beasts no valor de R$150,00. Click aqui para detalhes de como Participar e...

Friday, January 31, 2014

Meu queixo caiu

Olha este vídeo é de 2010 mas meu queixo caiu com essa apresentação da Ucrânia de ginástica.
Achei que a perna dela fosse quebrar, juro. Incrível.


Só eu achei o uniforme delas meio "zumbie"?

MADRAS verde





Gente, estas estampa de madras verde tem bombado quando se fala de xadrez no inverno. É uma popular estampa tipo kilt que fica muito bem com roupas escuras. Olha que coisa fofa essas duas meninas. Pequei estilos bem diferentes pra vocês verem como é versátil. Mas meus favoritos são o primeiro e o segundo (o terceiro também, já que é igual ao segundo, mas para um dia mais frio).





Image of LONDON SORCERY sale t-shirt
[TRICIA G.,]                                                        [LONDON SORCERY ]




Pausa para falar desta camiseta! Eu não uso camiseta mas taí uma camiseta que eu usaria:  LONDON SORCERY da The Orphan's arm. Hum, acho que vou fazer uma versão pra mim... não sei... Cornwall School of sorcery... porque eu amo este lugar ou ainda... Brazilian School of Sorcery... talvez...







[WOWS .]

Thursday, January 30, 2014

COMO FAZER? Cosplay de Gasai Yuno (我妻 由乃) - Mirai Niki (未来日記) Uniform version


Yuno Gasai



Nossa que legal, nunca vi este site antes, achei ainda por acaso, amei.
Seria legal vocês ensinarem o Cosplay da Gasai Yuno!




Okay! Você pediu eu atendi. Como eu não sabia qual roupa fazer fiz as duas: O Uniforme e o vestido preto. Lembram aqui?
E, honestamente, eu sugiro que as pessoas façam as duas pra aproveitar a peruca. É uma personagem tão legal e o vestido preto da Gasai Yuno é tão bacana e fresco pro verão... 

COMO FAZER? Cosplay de Gasai Yuno (我妻 由乃) -  Mirai Nikki (未来日記) em casa 
ou ainda Yuno Gasai de Future Diary como ficou conhecido nos Estados Unidos.

Esta é a versão do uniforme, se você quer ver como fazer o vestido preto clique aqui.
Legalzim essa imagem abaixo, né? Eu também gostei. hehe


Tuesday, January 28, 2014

Caraminguás - voltando a trabalhar, estagiar e estudar




CARAMINGUÁS

Significado de Caraminguás
s.m.pl. Bras. Objetos de pouco valor que se levam em viagem.
Tarecos.
Dinheiro miúdo.




Muito explicativo. 
E como se chamam os trecos que a gente leva consigo para trabalhar?
Alguém sabe?

Voltar ao trabalho, ao estágio, e até mesmo pra escola não precisa ser desconfortável. Se você tiver um cantinho pra levar uma garrafinha de água ou mesmo pra deixar a sua caneca já torna o cotidiano um pouco menos monótono. Eu tento me alegrar com canetas, calculadoras, bloquinhos divertidos e até com sweaters já que não uso camiseta nem sob entimação judicial.




ps. preciso comprar uma agenda deste ano.

Mediocridade


Lembra que falamos de mediocridade? Aqui tem um post muito bacana do Blog Dúvida Cruel sobre o tema chamado de "A arrogância segundo os medíocres" Vale a pena dar uma lida também.


Tem gente que acha que escrevo aqui sobre a viagem porque quero me mostrar. Gente, o blog inteiro é sobre compartilhar experiências pessoais. Não só minhas mas como de outras leitoras.
É o caso de várias postagens aqui. Recentemente a Aqualye mandou as experiências dela direto da Coréia. Quem quiser mandar, basta escrever para o nosso e-mail que a gente publica. 

Mande fotos também! <3

Monday, January 27, 2014

Casa de Caçadores


Sim, isso aconteceu!

Apenas.... Olhe o que a pessoa tem no freezer.

sim, eu ja Comi.



Este é um tipo de post que eu nem sei por onde começar e tive dificuldades em colocar um título. Porque é muito exótico pra mim. (não, não é uma pata de dragão). Aconteceu no Alabama. Em uma cidade do interior.


Fui conhecer uma família aqui que todos os homens caçam. Não pra viver, mas como hobby. Nos Estados Unidos vários animais procriam demais e não tem predadores, é o caso de veados e gamos, javalis, cobras e alligators

Antes eu tinha pena dos animais, mas depois de conhecer um pouco mais e viajar pelas estradas você vê o quanto eles estão próximos às casas e como eles atravessam as estradas como loucos causando vários acidentes feios (os veados). Aqui, quando você caça, você come o animal, e é um hábito considerado saudável. Por isso, é preferível matar e comer um animal que está se reproduzindo demais do que deixá-lo morrer atropelado causando acidentes e machucando pessoas... isso quando eles não atacam as crianças nos quintais. 

Diferente de no Brasil, a caça aqui não é proibída e é muito bem fiscalizada, e cada pessoa que quer caçar precisa de uma licença e tags para cada animal antes de abatê-lo. Não são dadas muitas licenças e o animal deve ser abatido somente de alguns jeitos para evitar crueldade. Na regulamentação vem dizendo o tipo de arma, munição aonde atirar é tudo bem descrito e quem caça também não quer que o animal sofra, já que o objetivo é levar pra casa pra jantar. 

No geral, quem caça são pessoas do campo como estes que eu visitei. Gente muito boa e limpa, temente à Deus e com costumes de fazenda... tipo, morar longe da cidade e andar armado.. Ter três filhos lindos e muito bem educados parece regra. As crianças são obedientes e carinhosas, e muito hardcore na hora de brincar, brincam juntas, caem e não choram. NUNCA.


Pra chegarmos na casa é tipo ir à um sítio no Brasil. Perto da cidade, mas afastado de tudo. Vivem rodeados de muito verde e o vizinho é meio longe.

Pra chegar na casa:







Com certeza é uma das maiores e mais bonitas casas que eu já vi. Pensa que todos os carros parados na frente são picapes ou coisas do tipo. Fora alguns acres de terreno.



Falando um pouco de armas: Para eles é muito estranho o fato de que os Brasileiros não têm armas em casa. Eles não entendem como nos defendemos de bandidos e como a polícia dá conta de tudo (não dá), já eu não entendo como uma pessoa tem um rifle de precisão dentro do carro, pistola, facas. Choque cultural dos dois lados. 

Eu, pacifista, disse que as pessoas que têm armas em casa acabam tendo acidentes com crianças... e eles, que têm 3 crianças pequenas, disseram que não, porque as crianças, são  condicionadas a não tocar nas armas desde novas, e ainda que as toquem, sem as balas, elas não conseguiriam carregá-las, pra provar me colocaram pra carregar uma arma, só que sem as balas. Risos. 

Usei todo o meu "espírito de guerra" e agressividade. E falei: vai ser bom quando eu precisar pra matar zumbis. "Não deve  ser difícil" pensei. Eles riram.

Tentei puxar a pistola pra trás e ela não veio. "COMO É DURA!!" pensei. Eles riram.

Me concentrei... e puxei com força; ela veio até a metade e eu soltei. A arma estalou.
Aí o dono fez uma cara séria: "Olha, agora você está bagunçando... puxe e empurre"


"ihhh, não quero estragar o troço... melhor me concentrar" pensei. Dei o melhor de mim;
Puxei e empurrei e todos sorriram porque eu fiz direitinho e...
 e prendi a minha mão na pistola. (DOEU) Todos riram e ficou por isso mesmo. Não tenho aptidão para atirar ou ser caçadora.

Resultado: é mais difícil do que parece e se tiver um apocalipse zumbi eu tenho que pegar um facão. 





Me mostraram alguns chifres de animais caçados ainda na caçamba dos caminhões. Eu caí na besteira de dizer que o bicho era meio pequeno... pelo que entendi isso é como um troféu e dizer que o bicho é pequeno é o mesmo que dizer que o caçador é ruim. Risos.

Eu não estava duvidando das habilidades deles, eu só achei pequeno ESTE (ainda tinha pele e sangue - NOJO). risos. Os outros eram grandes.


Ah e sobre o gosto do alligator: igual galinha, mas dura. É bom mas é borrachudo de mastigar. Eu comi num restaurante, foi muito bom embora, caro. Esse da foto eu não comi, era algo que eles tinham no freezer pra me mostrar, assim como carne de gamo.



Depois de me mostrar a pele o dono guardou no freezer de novo porque ele quer fazer um cinto. Eu perguntei porque ele não compra um pronto, eles disseram que são caros demais. Como eu faço muita coisa em casa também, acho que entendi.





Já que eu estava lá nessa experiência antropológica... Outra coisa que eu experimentei foi tabaco. Tabaco de mascar Skoal. Um dos primos do meu namorado masca tabaco. Parece super nojento e sei lá, é um pouco sim, mas menos do que se imagina. É como chiclete. Tem gente que cospe - isso é nojento, mas se você fizer como chiclete não. Outra coisa é que ele tem um gosto bom, de chiclete mesmo, mas é preto. (nojo)

Ele disse que tem que se colocar entre os dentes e o lábio, eu pus um pouquinho-inho (do tamaho da unha do dedo mindinho). Eles riram da quantidade e eu sorri de volta. 

Assim, sem saber o que fazer com aquilo na boca, perguntei por curiosidade 
quanto tempo eu teria que deixar ali para sentir os efeitos, ele disse que fica com aquilo na boca por 20 minutos as vezes uma hora. UM HORA?? 

Eu pensei que não ia deixar tanto tempo de jeito nenhum. No final, nem precisei... o troço começou a queimar eu eu lavei a minha boca umas trocentas vezes. Credo. Como eu não uso nada eu me senti meio tonta com o tabaco. Eles dizem que tem gente que se sente agitado (ajuda à não dormir na guerra) ou até mesmo eufórico, no meu caso só zonza. Não usaria de jeito nenhum.

Dá pra ver ali que eu estou segurando pra não rir, mas dá pra ver também o volume da coisa e como os meus olhos estão ficando vermelhos. Que doideira.

[sofrimento aqui]

Sunday, January 26, 2014

Eu nos EUA: Rumo ao Norte



Pois é, lembra que eu disse que iríamos rumo ao norte? Fomos.


Fizemos tudo em um dia!
De carro.


Foram 7 estados em 18 horas:

Georgia, South Carolina, North Carolina, Virginia, Delaware e New Jersey, que era o destino final. Foram 8 se você contar o próprio Alabama, já que eu moro na parte mais sul do estado e tivemos que cruzá-lo todo. Na volta, cortamos caminho pelo Tenesse (TN) o que me deu mais uma oportunidade de passar por outro estado, mas nem vi nada, digo, nada de diferente... risos.


 I want snooooooow | via Tumblr on We Heart It
http://weheartit.com/entry/86601829/via/Catherin_ne

Como eu disse, estou morando no Alabama, um dos ensolarados e verdejantes estados sulistas.
Quando se pensa no típico sul, o Alabama é um dos estados em que se vem à mente.

Eu, brasileira que nunca vi neve, saí do Brasil com um pensamento na cabeça: "eu quero neve", mas morando no Alabama, isso não é possível - no sul dos Estados Unidos não neva.



Tudo ia bem, lindo, verde, calmo e ensolarado até que chegamos à fatídica North Carolina (Carolina do Norte)...


E foi aí que, chegando na divisa de North Carolina com Virginia, (na metade do nosso caminho) começam a cair uns flocos de neve, bem fininhos... Uma neve muito inesperada e impertinente, se me permitem, já que é novembro e neve aqui não é esperada até o início de Dezembro...
Mas tudo bem! É interessante! Eu serei forte. Era exatamente o que eu queria..

Quando saí do carro eu não senti muito frio;



[internamente eu me senti assim]

Então eu percebi uma coisa que todo mundo já sabia, estava frio.


Muito frio.


Aí você olha em volta e vê as pessoas encapuzadas correndo dos carros direto para dentro das lojas tentando se aquecer.

Muito frio?
Muito.

Mesmo.



Eu sentia dor na pele. Sabe aquela de queimadura? E nos braços eu sentia uma dor maior.
Como que uma dor profunda, nos músculos...  do tipo que vai da carne e indo até os ossos ... sei lá, parece idiota mas fiquei meio confusa. Não parecia tão frio quando saí do carro mas os meus dedos ficaram dormentes num minuto (puxa como é rápido!) e eu me lembrei das histórias horríveis de hipotermia em crianças que caem no chão em cinco minutos brincando na neve e quase morrem no quintal por não saberem que estão tendo hipotermia... Meu namorado teve.

Olho envolta novamente para confirmar: todos agasalhados e eu, usando um moletom.
Procuro meu casaco e...





...mistério...






....suspense...





...procura mais um pouco...






...e...





...e eu esqueci meu casaco no Alabama. Ótimo.

image



E aí você pensa, "ahh mas não vai fazer muito frio" -
se enganando, obviamente...mentindo para si.





Então vai ver a previsão do tempo e lê:
"Neve quebra records na costa leste" - que é onde você está.





tumblr_lbjzj79KMR1qeszpio1_400
"Quebra recordes" você disse?

Pois é... intrigante...
que notícia mais intrigante...






Sabem como eu sou: não basta só ser friorenta, dormir com edredon no verão, nunca ter visto neve e entrar numa zona de nevasca bem no inverno... não... tem que se viver perigosamente e não levar NENHUM casaco ou luvas.


É esta é a minha vida. #SóQueNão
Ai, Jesus no que fui me enfiar. Risos.
x
Tinha que ser comigo.






Chegamos meia noite a Fort Dix, uma base militar localizada em Cookstown, New Jersey... O final de uma viagem euxaustiva mas bacana. Num frio, num frio... catei o moletom do meu namorado porque né... estava muito frio. Um frio que dói. (se você predeu as contas eu estava usando 2 moletons)

No outro dia, o meu namorado teve que trabalhar (ele está em missão pelo exército) e eu fiquei no hotel com a esposa de outro militar amigo dele. Uma moça muito divertida natural da Austrália. Conversamos alegremente sobre vários assuntos até que ela comentou de saírmos para tomar alguma coisa (de café, à vinho ou alcool porque né, não tinha nada pra fazer e é bom se esquentar)

Daí eu comentei que não tinha casaco de frio. Ela sugeriu de comprarmos um numa loja. Como eu já estava meio sem dinheiro, ela sugeriu de comprarmos o casaco num brechó. Eu confeço que minha primeira reação foi nojo. Fiquei meio com nojo mesmo... aonde eu ia lavar? - #nãomejulguem  Você já foi em brechós no Brasil? Tem vários com produtos sujos e mofados! 

Fora que eu precisava achar um bem rápido ou não poderia sair do hotel pra nada.
(nada de almoço ou
Olhamos no GPS e encontramos algumas lojas: as mais próximas há 20 minutos dali. Ela disse que me levaria de carro e eu agora tenho uma dívida pro resto da vida com essa senhora! Risos.

Depois de quase 1h rodando de carro por duas cidadezinhas (Cookstown e New Egypt), não vimos nenhuma loja. Nem de usados nem de novos... Fiquei imaginando aonde esse povo de lá compra suas roupas. Não vimos nada! Nada. Achei que por ser tão pequenas as cidades não tinham loja de roupas.

Nos divertimos olhando as casinhas todas decoradas com motivos de Halloween e outonais, coisas fofas. Casa e mansões... escolas... igrejas... tudo.


Dirigindo à 20km/h na rua central de New Egypt (nome da cidade, juro) uma picape nos pressionou a andar mais rápido, contrariadas paramos o carro para deixar o motorista-apressado passar.

Que chateação! Pensei

Mas eis que eu olho a calçada e vejo uma arara com vários casacos pendurados! Bem na calçada! Assim do lado de fora do estabelecimento sem nome. Era uma loja de produtos usados!


 

E assim na arara ali fora eu achei vários casacos limpinhos e que davam em mim!
E vi um em especial que era lindo: caramelho de lã com capuz de pele removível!
Eu olhei pro casaco, ele olhou pra mim e eu quase dei um grito.

Lindo, limpo e no meu número!!

Fiquei sem saber se podia pegar o casaco e entrar na loja com ele pois queria saber o preço.

Na dúvida, peguei e levei pra dentro com medo de alguém passar e querer o mesmo casaco.
Dentro da loja entulhadíssima de peças de decoração e roupas, uma vendedora sai -não sei de onde- e me dá bom dia. Perguntei se os casacos estavam à venda e quanto eram...

Mostrei o casaco à ela que olhou e me vendeu por $25 doláres, algo como 60 reais.

Sessenta? Tá ótimo! Paguei isso no moletom aqui! Num casaco desses você paga 100 dolares fácil e o casaco estava limpo, sem manchas, sem furos e tinha ainda um botão sobressalente.

Meu deus do céu, essa mulher salvou a minha vida!

image

De fato, não entendi porque um casaco tão bom (este aqui) estava num brechó por tão pouco. Fico pensando se ninguém morreu nele. Risos. Mas enfim. Dei sorte. Comprei e usei muito.




A(s) Cidade(s)

Conheci, brevemente New Egypt e Cookstown. Duas cidadezinhas do interior super antigas, a primeira, leia-se histórica. New Egypt foi fundada em 1792 (e eu penso que pouca coisa mudou) tem pouco mais de 2 mil habitantes  onde 91% são brancos. De diversão tem uns poucos bares (tipo dois ou três) e um vinhedo que eu tive o prazer de conhecer o Laurita Winery. Vou fazer um post a parte explicando o que rola lá.

Cookstown não é nem cidade, pelo que vi é considerado uma comunidade (nem vila é) perto de Fort Dix. Me parece que a economia da cidade gira em torno da grande base militar (é uma base de exército, marinha e aeronáutica unificada- coisa enorme mesmo)


[bem vindos à Novo Egito desde 1792. 1792!! pode imaginar?]



É bonito, mas ao mesmo tempo meio assustador porque a gente só vê essas coisas em filmes de terror como A Colheita Maldita ou outros deste tipo. 

As fotos abaixo não são minhas. Estava muito frio pra ficar parando e tirar fotos e os meus dedos estavam meio dormentes. Só tirei uma da barbearia no final que estava no meu instagram.



New Egypt, NJ : Main Street

New Egypt, NJ : Main Street

Apesar de não ter lojas de roupa nenhuma, a cidade tem duas barbearias em estilo tradicional. Cada um de um lado da rua. Tirei foto porque né... é tão bacana. Eu lembrei de "pica-pau" na hora.





no.1 - • Dαяк Pαяαdιѕє • | via Facebook

source: gif Snape intrigante, road trip, I want snow, new egypt












road trip RUMO AO NORTE






















road trip RUMO AO NORTE

ROAD TRIP! Rumo ao Norte: No frio sem casaco.